8 de maio de 2019

Chile – Roteiro de 7 dias em Santiago e Atacama

Procurando um roteiro de 7 dias no Chile mas não quer abrir mão de conhecer o Deserto do Atacama? Em julho/16 estivemos pela primeira vez no nosso vizinho Chile, porem apesar do pouco tempo disponível, era imprescindível uma visita ao Atacama e com isso montamos esse roteiro que no final das contas, ficou ótimo e compacto.

Chile Roteiro 7 dias

Lagunas Altiplânicas – Deserto do Atacama

Quando ir?

O Chile é um país com tantas belezas naturais que é possível ser visitado o ano todo. Porém sabemos que uma das grandes atrações do país é a possibilidade de ver neve tão perto aqui de nós, sendo assim a melhor época para ver neve vai de junho a agosto. Apesar de ser alta temporada no país essa época é possível ver neve e ainda esquiar.

Durante o verão é perfeito para ir nas vinícolas, realizar passeios pelas praças, conhecer o Termas Colinas e também realizar uma visita no Embalse El Yeso. O que não faltam são motivos para visitar o Chile no verão.

Precisa de Visto?

Viajar pela América do Sul é muito fácil, pois desde que foi assinado o tratado do Mercosul em 1991, inicialmente pela Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai, e logo depois os demais países também aderiram e hoje nós brasileiros não precisamos de visto nem passaporte para viajar pelos países da América do Sul. Apenas o RG emitido nos últimos 10 anos é o suficiente para viajar por esses países.

Isso nos ajuda muito a realizar viagens internacionais, certo? 🙂

Qual Idioma do Chile?

O idioma oficial do país é o espanhol porém o que muita gente não sabe é que no Chile é falado uma espécie de espanhol chileno, com gírias, expressões e dicção própria dos nossos amigos latinos.

Mas não se preocupe, com um bom portunhol é possível se virar bem no país.

Piedras Rojas

Piedras Rojas

Qual moeda levar?

A moeda oficial do Chile é o peso chileno, e a cotação atual (maio/19) está variando em 1,00 peso chileno a cada R$0,0056. O dólar também é muito bem aceito no país.

Sugiro não levar pesos aqui do Brasil, deixe para trocar seu dinheiro no centro de Santiago, na Calle Agustinas existem casas de câmbio a preços excelentes.

Em julho/16 nós optamos por levar nosso dinheiro em dólar e trocar por pesos no Chile e valeu muito a pena devido a cotação atual do dólar. Se fôssemos hoje, provavelmente não faria diferença e levaria reais, porém vale sempre calcular a conversão.

Sempre utilizo esse site aqui para calcular qual moeda levar para o país.

Como chegar em Santiago?

O Chile está a apenas 4 horas de voo direto do Brasil partindo de São Paulo e essa é uma das rotas mais baratas para voos internacionais. Geralmente é possível encontrar voos com milhas por apenas 10.000 pontos o trecho, valor que pagamos em nossas passagens em julho/2016, alta temporada no país.

Parque Forestal

Parque Forestal

Onde se hospedar?

Nos hospedamos no charmoso Luciano K Hotel e amamos nossa experiência, e para ajudar, deixarei aqui algumas opções divididas pelos principais bairros:

Providencia:

Bellas Artes e Lastarria:

Recoleta:

Santiago Central:

Las Condes:

Como se locomover?

  • Metrô: o metrô em Santiago funciona super bem e parte dos nossos passeios fizemos com ele. Vale lembrar que a hospedagem é um fator muito importante na
  • A pé: caso você esteja hospedado em algum bairro próximo ao Centro, se locomover a pé é uma excelente opção. Fizemos muito isso e não sentimos dificuldades. Como em todos os locais,
  • Táxi: é possível utilizar táxi em Santiago, porém é sempre importante ficar atento pois os taxistas de Santiago possuem a fama de não serem muito la confiáveis. Opte sempre pelos táxis oficiais da cidade.
  • Uber: o uber se popularizou em muitos países e certamente você passara menos perrengue do que com táxi alem de as tarifas serem mais convidativas.
Chile roteiro 7 dias

Rua Paris Londres – Centro Santiago

Quantos dias ficar?

Consideramos um tempo mínimo ideal para aproveitar Santiago de 7 dias, porém, para quem nos acompanha sabe: se você encontrar uma promoção em um feriado e quiser ir em 4 dias, vá!

Nunca deixamos de viajar por falta de dias suficientes, somente é importante saber priorizar o que fazer e ter certeza: se você se apaixonar pelo destino, irá querer voltar.

Porém caso tenha dias suficientes, de 7 a 12 dias é um tempo maravilhoso para conhecer bem o país e fazer um roteiro bem bacana.

Onde comer?

Como água para chocolate – Patio Bellavista

O Patio Bellavista é um shopping a céu aberto com diversas lojinhas e com inúmeras opções de bons restaurantes para provar e este é um clássico que merece ser visitado. Devido a sua fama, é muito comum estar lotado, por isso recomendamos que realize uma reserva com antecedência.

Chile roteiro - como agua para chocolate

Congrio Almendrado – O prato mais famoso

O ambiente é lindo e o atendimento muito bom, já os pratos são um pouco mais requintados e um pouco mais caro que o normal, mas na nossa opinião valeu muito a pena.

Chile - Roteiro 7 dias

Nossos pratos e um brinde com os amigos

Fukai Sushi – Pátio Bellavista

Esse restaurante japonês foi um achado dentro do Patio Bellavista e confesso que amamos. Ele nos chamou a atenção devido ao ambiente agradável e vários aquecedores a vista, pois estava muito frio neste dia e precisávamos nos aquecer. Os pratos são a lá carte e não há a opção de rodízio. Comemos muito bem e vários pratos diferenciados, vale muito a pena.

Fukai Sushi - Patio Bellavista

Fukai Sushi – Patio Bellavista

Fuente Alemana

Impossível falar de onde comer em Santiago sem mencionar o Fuente Alemana, que serve lanches maravilhosos, considerado o melhor da cidade. Quando estávamos prestes a visitar o Chile, uma amiga que tem família lá recomendou tanto que tínhamos que conhecer.

Nós curtimos muito e não poderíamos deixar de dar essa dica para vocês. Além de bom o preço é super acessível.

Fuente Alemana

Fuente Alemana – Santiago

Quais tipos de roupa levar?

Caso você esteja indo para o Chile no período do inverno, e muito importante se atentar ao tipo de roupa que irá levar.

O ideal é utilizar a técnica das 3 camadas para se vestir que são: a primeira camada deve ser uma blusa segunda pele que vai eliminar o suor do corpo, a segunda camada uma fleece ou la que irá te aquecer e a terceira camada um casaco que irá te proteger do vento, lembrando que a segunda pele também e importante para as pernas e pés.

Para o passeio ao Vale Nevado as empresas costumam passar antes em lojas especializadas para aluguel de roupa para neve, onde e possível alugar todo o equipamento, desde botas ate óculos para neve.

Chile Roteiro 7 dias

Farellones – Chile

Nós compramos nossas segunda pele na Decatlhon e valeu muito a pena ter comprado pois depois dessa viagem já utilizamos em muitas outras.

Atacama:

Como chegar no Deserto do Atacama?

O aeroporto principal para chegar no deserto do Atacama é o aeroporto de Calama a aproximadamente 1 hora e 30 minutos de San Pedro de Atacama, cidade base para conhecer o Deserto do Atacama.

Não há vôos diretos do Brasil para Calama, o ideal é realizar um voo do Brasil para Santiago e de lá seguir para Calama.

Chegando em Calama é necessário contratar um transfer até San Pedro de Atacama e aconselhamos que já reserve aqui no Brasil. Nós reservamos pela empresa TransLicancabur e correu tudo bem.

Como os passeios são todos realizados por agências que possuem seus próprios meios de transporte, não é necessário alugar carro para chegar no Atacama.

Roteiro deserto do atacama

Vale de La Luna – Deserto do Atacama

Aproveite que irá necessariamente realizar um vôo até Santiago e pare uns dias na cidade. Caso esteja fechando os dois trechos juntos, tente um Stopover com sua companhia aérea de uns dias em Santiago.

Como nós fizemos? Fechamos nossos trechos de GRU-SCL com milhas da Multiplus por 10.000 pontos e o voo até Calama fechamos separadamente, pelo site da Latam Chile, essa dica nos fez economizar uns bons trocados.

Onde se hospedar?

Nos hospedamos no agradável Hostal Pablito e contamos nossa experiência completa aqui.

Quais passeios realizar?

  • Valle da La Luna
  • Lagunas Altiplanicas
  • Salar de Atacama
  • Piedras Rojas
  • Laguna Cejar
  • Geyser Del Tatio
  • Vale de La Muerte

Nosso roteiro de 7 dias

Dia 1:

Voo São Paulo – Santiago

O primeiro dia de viagem geralmente é reservado para o trajeto em si. Nosso voo de São Paulo foi de tarde, com isto chegamos em Santiago de noite e fomos direto para o hotel que estávamos hospedados: o Luciano K Hotel.

Dia 2:

Passeio Farellones

Neste dia reservamos para conhecer o Vale Nevado, porém, devido a uma grande nevasca que teve os motoristas não estavam arriscando subir até o topo da montanha. Paramos em Farellones que é a primeira estação de esqui da região e conseguimos aproveitar bem o dia.

Roteiro Chile

Brincando na Neve

Como era nossa primeira vez na neve não tínhamos a intenção de esquiar, apenas de conhecer, brincar na neve e curtir o clima da montanha. Ainda bem, pois as pistas ficaram fechadas boa parte do dia devido a grande quantidade de neve.

Retornamos no final de tarde e a noite fomos conhecer o Patio Bellavista, que fica muito próximo ao Luciano K Hotel e acabamos conhecendo o Fukai Sushi que contei acima.

Dia 3:

Passeio Santiago

Após curtir um delicioso café da manhã no hotel, seguimos para um passeio por Santiago. Tiramos o dia para bater perna por Santiago. Iniciamos pelo Parque Forestal que fica localizado em frente ao hotel e rende fotos lindas. Seguimos para o centro, passando pela Plaza de Armas e logo em seguida para o Palácio La Moneda, onde assistimos rapidamente a troca da guarda.

Ali na redondeza ficam as casas de câmbio da Calle Agustinas e aproveitamos para trocar nosso dinheiro. Aproveitamos que a famosa loja de departamento Rippley ficava na mesma rua das casas de câmbio e entramos para uma comprinhas.

Após as compras, fomos ao Cerro Santa Lúcia que tem uma vista muito bonita da cidade. A estação mais próxima é a do metrô Bellas Artes, porém seguimos a pé até o local.

Cerro Santa Lúcia

Cerro Santa Lúcia

Quando estava pesquisando o roteiro de Santiago, me apaixonei pelo Bairro Paris-Londres, um pedacinho da Europa no centro de Santiago e claro, fomos lá conferir. O bairro é lindo e as ruas super agradáveis e apesar de pequeno, rendeu fotos lindas e uma tarde aconchegante.

Rua Paris Londres

Rua Paris Londres

Mortos de cansaços e com fome, fomos almoçar na Fuente Alemana e a noite, curtimos nossa reserva no restaurante “Como água para chocolate” que comentamos acima.

Dia 4:

Ida Calama – Valle de La Luna

Acordamos cedo e seguimos para o aeroporto de Santiago onde voamos rumo a Calama, cidade mais próxima de San Pedro do Atacama. Ao desembarcarmos no aeroporto, nosso transfer estava a nossa espera e com isso por volta de meio dia já estávamos no Hostal Pablito.

Deixamos as coisas na pousada, nos trocamos e seguimos para o centro de San Pedro do Atacama, a rua Caracolles, onde compramos nossos passeios e almoçamos.

Dica: deixe para comprar seus passeios lá pois devido a concorrência é muito mais fácil para negociar. Nós fizemos isso e tivemos uma grande economia.

Roteiro Chile

Parada – 3 Marias – Valle de La Luna

Após o almoço seguimos para o primeiro passeio, o Valle de La Luna que parte sempre às 15:00 e é maravilhoso ver o por do sol do Valle.

Aqui vai mais uma dica: esse geralmente é o primeiro passeio dos roteiros, pois como a maioria das pessoas chegam pela manhã, aproveitam o período da tarde para visitar o Valle de La Luna.

Roteiro Chile 7 dias

Final do dia – Valle de La Luna

Dia 5:

Salar de Atacama, Piedras Rojas e Lagunas Altitplanicas

De longe este foi o melhor e mais frio dia de toda a viagem. Já aviso aqui: devido a alta altitude das lagunas o frio aumenta muito (em especial no inverno) e como podem ver pelas fotos, não estávamos tão preparados assim para ele.

Iniciamos o dia ainda de madrugada, e seguimos rumo ao primeiro destino: o Salar do Atacama. De dentro da van começamos a notar a paisagem mudando, o sol nascendo e uma vista linda nos esperando….um dia inesquecível!

Antes porém paramos numa cidadezinha chamada Socaire para conhecer a igreja do local depois chegamos no Salar e já avistamos as incríveis criaturinhas que são a atracão do local os flamingos rosados. Apesar do frio intenso, curtimos muito e ainda aproveitamos um delicioso cafe da manha preparado pela equipe do passeio.

Salar de Atacama

Salar de Atacama

Partimos rumo as Piedras Rojas, um dos lugares mais surreais do deserto a 4.000 metros de altitude. E incrível….o lago estava congelado e podemos literalmente andar sobre as águas.

Piedras Rojas

Piedras Rojas

Como se não bastasse tanta paisagem incrível, seguimos rumo as Lagunas Altiplanicas. São duas lagoas, a primeira a Laguna Miscanti e a segunda a Laguna Miñiques. A neve tomou conta do local e a exuberância ficou ainda maior.

Laguna Miñiques

Lagunas Altiplanicas – Laguna Miñiques

Ao final do passeio, paramos para almoçar no caminho de volta para a pousada, contemplando as incríveis paisagens do deserto.

A noite, um passeio pela Rua Caracoles para jantar e comprar algumas lembrancinhas para casa.

Dia 6:

Vale de La Muerte – Sandboard – Ida Santiago

Último dia de um dos lugares mais impressionantes que já conhecemos. Como nosso voo era no final de tarde, decidimos realizar um passeio diferente pela manhã: praticar Sandboard no deserto.

Reservamos os passeios e seguimos rumo ao Vale de La Muerte, onde existem dunas gigantescas que o pessoal pratica sandboard.

Roteiro Chile

Sandboard – Vale de La Muerte

Confesso que no começo da um certo medo, mas depois que pega o jeito, não queria parar mais. Foi uma manhã muito divertida.

Voltamos para a pousada e a dona, super fofa, nos deixou tomar banho para voltarmos limpos para Santiago. Seguimos para o aeroporto, chegamos em Santiago já de noite e seguimos direto para o hotel.

Dia 7:

Passeio Santiago – Retorno Brasil a noite

Ultimo dia de viagem e cansados ate o talo devido ao dia anterior, aproveitamos para dormir um pouco mais e fazer um dia de passeios mais leves. Seguimos ate o Cerro San Cristóbal, porém por ser sábado estava tao cheio que desistimos de subir e seguimos para o Shopping Costanera Center.

Fomos de metro e descemos na estacão Tobalaba que é a principal para o acesso ao Shopping. Neste shopping encontra o acesso ao Sky Costanera e sua vista de 360. Aproveitamos para umas comprinhas na Zara (que possui um excelente preço comparado aos nossos do Brasil), almoçamos e retornamos ao hotel para aguardar nosso transfer noturno.

Por volta das 22:00 seguimos ao aeroporto para retornar ao Brasil.

Conclusão

Nós amamos o Chile. Nos sentimos em casa, os preços são muito bons e tem paisagens de tirar o folego. De fato, 7 dias foram poucos para aproveitar tudo…..mas e claro, que fica ai mais um motivo para voltar.

Esperamos que tenham gostado, se gostou deixe aqui seu comentário.

Reserve aqui pelo blog

  • Top