23 de junho de 2019

O que fazer em Gramado? Roteiro e Guia Completo para sua viagem

Gramado é uma cidade serrana localizada no Rio Grande do Sul que mais parece uma cidade europeia. Sua arquitetura conserva até hoje a colonização alemã, isso torna-a muito mais apaixonante. A cidade é realmente linda e de primeiro mundo, e certamente por isso foi escolhida um dos melhores destinos do Brasil.

Confira a seguir um guia completo com muitas dicas do que fazer em Gramado e Canela e meu roteiro de 3 dias pelas cidades.

O que fazer em Gramado

Av. Borges de Medeiros

Como chegar?

Para chegar em Gramado é preciso voar até Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul ou Caxias do Sul, ambas muito próximas da cidade a 2 horas e 1h e 15m respectivamente.

A melhor opção é indo por Porto Alegre, pois além dos voos serem mais baratos existem mais opções de transportes partindo de lá.

Chegando em Porto Alegre, você pode ir de transfer, ônibus ou alugar um carro.

  • Transfer:

Eu utilizei os transfers da Brocker Turismo, que te pega no aeroporto e deixa no hotel ou pousada. O serviço é muito bom e tem a comodidade de ficar direto na sua hospedagem. É possível reservar com antecedência pela internet ou direto na loja que fica no piso térreo do aeroporto.

  • Ônibus:

Caso deseje ir de ônibus, no próprio aeroporto possuem vendas de bilhetes dos ônibus por R$56,25 e partem aproximadamente de 45 em 45 minutos.

  • Carro:

Outra opção principalmente para quem está em 2 ou mais pessoas é ir alugar um carro no próprio aeroporto e já aproveitar para utilizá-lo na cidade. A estrada é bem tranquila e com bastante sinalização.

Você pode reservar seu carro pela RentCars em até 12x sem juros e ainda nos ajudar a manter o blog. 🙂

Quando ir?

Escolher a melhor época para visitar Gramado vai depender muito do estilo de viagem que queira realizar.

  • Alta Temporada e inverno: Caso deseje curtir o romantismo do inverno, com noites de fondue e o glamour da estação, recomendamos visitar entre junho e setembro. Sem contar que nessa época em julho acontece o festival de inverno de Gramado, em agosto o festival de cinema e em setembro a semana farroupilha e o festival internacional de cultura e gastronomia. Ou seja, muitas opções de entretenimento na cidade.
  • Natal Luz: Essa é a época mais desejada para visitar Gramado, pois além da cidade ficar toda iluminada devido a temática, também ocorre diversos eventos durante o mês de novembro, dezembro e início de janeiro.
  • Páscoa: Durante a páscoa a cidade também fica toda enfeitada e ocorrem diversos festivais e tem se tornado uma excelente época para visitá-la.
  • Baixa Temporada: de março a maio e outubro são os meses com melhores opções para reservar hospedagens, pois não é época de férias e há poucos festivais na cidade. Nós visitamos durante o mês de maio e foi excelente pois já estava friozinho e a cidade não estava cheia.

Como se locomover?

Se locomover em Gramado é muito fácil, eu estava a pé e não senti falta de carro, porém vou deixar aqui todas as opções:

  • Bustour:

O BusTour é uma excelente opção para realizar os passeios em Gramado e Canela, em especial os mais distantes do centro, principalmente para quem está sozinho, não dirigi ou não quer ter o trabalho de dirigir, procurar local para estacionar, enfim….

Ele percorre 38 pontos turísticos entre as duas cidades e é possível subir e descer quantas vezes quiser. O tempo de espera entre um ônibus e outro varia entre 30 e 40 minutos.

Eu utilizei o ônibus por dois dias e pude conhecer lugares que provavelmente eu não conheceria se não estivesse com o ônibus.

As compras dos tickets podem ser feitas diretamente pelo site da Brocker Turismo ou em algumas das agências da empresa em Gramado ou Canela.

  • Aluguel de carro:

Quando estamos viajando em família, amigos ou crianças, pode ser mais confortável e cômodo o uso de carro e também é uma boa opção, pois o trânsito na cidade é muito gentil e vi muitos locais com estacionamento próprio.

Dica aos motoristas: em ambas cidades o pedestre é prioridade, isso me deixou impressionada, mas quando pisamos na faixa os carros param imediatamente. Incrível!

  • Patinete:

A Casa do Viajante aluga diversos itens para o conforto do viajante e também realizam alugueis de patinetes elétricos, que acabam sendo uma excelente opção de locomoção em especial nos dias de calor. Como choveu na maioria dos dias em que estive na cidade, não consegui utilizar, porem em uma próxima oportunidade usaremos com certeza.

  • A pé:

Como estava hospedada quase de esquina com a Avenida Borges de Medeiros, alguns dos meus passeios eu realizei a pé, e foi maravilhoso poder andar e se perder pelas ruas de Gramado. Uma das incríveis surpresas foi essa cabine telefônica inglesa que encontrei na Rua Garibaldi, 180. Muito próximo da Borges de Medeiros e do Hard Rock Café.

  • Bicicleta:

Outra opção interessante que verifiquei que a Brocker Turismo e a Casa do Viajante possuem é o aluguel de bicicletas para conhecer os principais pontos turísticos, especialmente no verão. Pelo fato da cidade ter um trânsito bem gentil, pode ser uma ótima opção esse meio de transporte.

Onde se hospedar?

O que não faltam são excelentes opções de hotéis na cidade, por ser uma região serrana e muito turística, os hotéis investem muito nas acomodações.

Eu me hospedei no Wood Hotel um hotel novo, totalmente cosmopolita e aconchegante e contei tudo nesse post aqui.

Wood Hotel

Wood Hotel

A dica é buscar por hospedagens próximas a Avenida Borges de Medeiros, que é onde ficam a maioria das pousadas e hotéis, sem dúvidas é a melhor região e estará bem servido de atrações próximas.

Onde comer?

Gramado é aquele tipo de cidade que existem opções gastronômicas para todos os gostos e bolsos, por isso selecionamos alguns locais que não podem faltar no seu roteiro:

Café Colonial:

Um programa delicioso para ser feito em Gramado é se deliciar em um dos famosos cafés coloniais da cidade.

Não se deixe enganar com o nome “café”, pois os locais são fartos e uma verdadeira refeição, pois geralmente são servidos mais de 70 tipos de pratos, então pode ser saboreado como um brunch ou um café da tarde/jantar. 🙂

Os mais famosos da região e recomendado pelos moradores: Bela Vista e Café Colonial Gramado.

Royal Trudel:

Av. Borges de Medeiros, 2300 – Loja 13

É uma pequena loja que vende um doce muito popular encontrado em Praga e Budapeste, o sabor lembra um pretzel, porém a massa é mais crocante, recheada com um doce a sua escolha (doce de leite, nutella…), salpicada com nozes, granulado, açúcar…..e por cima: sorvete!

É uma mistura surpreendente e deliciosa para um final da tarde de passeios.

Royal Trudel

Royal Trudel

Famosa Apfelstrudel – O Castelinho Caracol:

RS – 466, Estr. Parque dos Pinheiros, s/n – Km 03, Canela – RS, 95680-000

Uma deliciosa torta de maça servida no Castelinho do Caracol, uma das paradas do Bustour.

Castelinho Caracol

Apfelstrudel – Torta de Maça

O Castelinho é uma das primeiras residências de Canela, construída entre 1913 e 1915. Os cômodos e objetos estão preservados a mais de 100 anos e a receita da torta de maça também. Guardada a sete chaves pela família. Vale a pena visitar.

Wood Loung Bar & Restaurante:

Como estava hospedada no Wood Hotel, aproveitei a excelente gastronomia do Wood Loung Bar & Restaurante e o cansaço do final do dia dos passeios e jantei todas as noites no restaurante.

Contei a experiência aqui, mas posso afirmar, mesmo que não esteja hospedado no hotel, vale a pena conhecer em alguma das refeições, principalmente a noite, que o clima do local fica delicioso e aconchegante com uma música ambiente e lareira no hall.

O que fazer?

O que não faltam são excelentes opções de passeios na cidade, tanto ao ar livre quanto em locais fechados. Aqui vão algumas dicas:

Ao ar livre:

  • Avenida Borges de Medeiros
  • Fonte do Amor Eterno
  • Catedral Gramado
  • Rua Torta – Emilio Sorgetz
  • Cabine Inglesa – Rua Garibaldi, 180
  • Lago Negro
  • Le Jardin – Parque de Lavanda
  • Parque do Caracol
  • Mini Mundo

Locais Fechados:

  • Instagramado – Tô de Ferias
  • Rua Coberta
  • Royal Trudel
  • Cristais de Gramado
  • Palácio dos Festivais
  • Canela – Igreja Matriz
  • Castelinho do Caracol – Apfelstrudel
  • A fabulosa fábrica de chocolates – Caracol
  • Mundo a Vapor
  • Museus: existem muitos museus na região, como o da Harley Motor Show, Hollywood Dream Cars, Museu de Cera, Museu da Moda …. e muitos outros.

Descontos

Como contei para vocês no Instagram, existe um site de ofertas para compras coletivas na região da serra Gaúcha chamado Tchê Ofertas, nele é possível encontrar promoções de passeios, ingressos de parques e refeições. Eu utilizei e valeu muito a pena.

Sem contar que passageiros do BusTour possuem descontos em diversas atrações, somente apresentar seu ticket e perguntar ao atendente.

Meu roteiro de 3 dias

Dia 1)

Meu voo para Porto Alegre foi na noite anterior, com isto, dormi em um hotel próximo ao aeroporto e na manhã seguinte logo cedo estava partindo rumo a Gramado. Cheguei na cidade por volta das 11:00 da manhã e fui direto para o Wood Hotel, onde ficaria hospedada (contei a experiência aqui).

Era uma manhã chuvosa, porém por volta das 14:00 o tempo abriu e sai para caminhar pela cidade. Passeei muito pela Avenida Borges de Medeiros e logo de cara encontrei um local incrível para fotos “Instagramaveis” chamado Tô de férias.

Gramado o que fazer

Tô de Férias

O Tô de férias fica na Avenida Borges de Medeiros, 2973 e a entrada é totalmente gratuita. São 20 salas incríveis para fotos na sua viagem.

Conheci a famosa Rua Coberta e me encantei! Nesse momento já estava completamente apaixonada por Gramado. Mais adiante, passei pelo Museu do Festival de Cinema de Gramado para tirar uma foto da estátua Kikito e ao lado já conheci a Igreja Matriz da cidade.

Gramado o que fazer

Rua Coberta

Apesar de ter sido uma viagem solo, não poderia deixar de conhecer a Fonte do Amor Eterno, que fica logo atrás da igreja e é onde os casais apaixonados prendem seus cadeados para selarem seu amor.

Como vocês devem perceber, a cada viagem gostamos de conhecer lugares não muito conhecidos pelos turistas e essa viagem não foi diferente. Aproveitei para seguir a Borges de Medeiros, passando pelas lojinhas até chegar na Rua Torta, que é uma rua que cruza a avenida, chamada Emilio Sorgetz.

Para quem conhece São Francisco na Califórnia, a Rua Torta imita a Lombard Street, cheia de flores e casinhas fofas, vale a pena conhecer.

Muito próximo a Rua Torta, fica a Royal Trudel e super recomendo conhecer e provar essa delícia que contamos aqui.

Gramado o que fazer

Cabine Inglesa

Antes de finalizar o dia e retornar para o hotel, segui até a Cabine Inglesa, que fica localizada na Rua Garibaldi, 180 e rende ótimas fotos. Após isso, retornei para o hotel, descansei e jantei no próprio restaurante do lodge o Wood Lodge Bar & Restaurante.

Dia 2)

Este dia foi bem cheio e produtivo. Iniciei no centro de Gramado, na agência da Brocker Turismo para pegar o Bustour. Minha primeira para foi na loja Cristais de Gramado que não é uma simples loja de cristais, eles possuem um auditório e ali, mostram todo o processo de fabricação dos cristais.

Bem próximo dos Cristais de Gramado fica o Le Jardin, um parque de Lavanda bem fofo para tirar algumas fotos, já estivemos no Lavandário em Cunha e achei muito mais bonito, porém este possui alguns espaços bem fotogênicos, então rendem boas fotos. A entrada custa apenas R$10,00 e também é uma parada do BusTour.

Seguinte sentido Canela, passei pela Igreja Matriz e segui para o Parque do Caracol para conhecer a famosa cachoeira do Caracol, que de fato é linda e merece estar no seu roteiro.

Para finalizar meu passeio por Canela, não poderia deixar de conhecer o Castelinho do Caracol e comer a tão famosa: Apfelstrudel, uau! Que delícia. Não deixem de provar.

Retornei ao hotel e após um dia cheio, nada como curtir um menu delicioso do Wood Lounge Bar & Restaurante e contei toda experiência aqui.

Dia 3)

Meu último dia por Gramado, aproveitei para conhecer o Mini Mundo e amei! Foi um último passeio muito bem aproveitado. Para quem não conhecer, o Mini Mundo expõe algumas miniaturas de locais do mundo todo e é tão bem retratado, que parece de verdade.

Após, realizei uma maravilhosa sessão de fotos com o Eddy Castro @eddycastrofotografia pela Avenida Borges de Medeiros e o resultado ficou incrível.

E essa é uma dica para quem vai viajar sozinho: procure um fotografo pela cidade e tenha fotos lindas da sua viagem.

No horário marcado a Brocker Turismo me pegou no hotel e segui rumo a Porto Alegre para pegar o voo para São Paulo.

Conclusão:

Amei minha mini férias em Gramado e com certeza quero voltar com o marido para ficar uns dias a mais.

Faça sua reserva pelo Booking.com assim você nos ajuda a manter o blog ativo. 🙂

Reserve aqui pelo blog

  • Top